Os Homens De Preto

Elis Regina

Os homens de preto trazendo a boiada
vem vindo cantando dando gargalhada
E o bicho coitado não pensa nem nada
só vem pela estrada direito à charqueada
Deus, Deus, Deus, Deus, Deus, você fez

Os homens de preto trazendo a boiada
vem vindo cantando dando gargalhada
Deus, Deus, Deus, Deus, Deus, você fez

Os homens de preto, os homens de preto,
os homens de preto, os homens de preto
Trazendo a boiada vem vindo cantando dando gargalhada
E o bicho coitado não pensa nem nada só vem pela estrada
(Os homens de preto, os homens de preto,
os homens de preto, os homens de preto)
Vem berrando, vem berrando, vem berrando, vem berrando
(Os homens de preto, os homens de preto,
os homens de preto, os homens de preto)
O gado coitado nasceu foi marcado
Aí vai condenado na estrada berrando
a querência deixando os homens malvados
quebrando e gritando

Toca boi, toca boi, berra boi, berra boi
Venha, venha, venha boi, anda boi ou, ou, ou, ou, oua boi

Os homens de preto trazendo a boiada
vem vindo cantando dando gargalhada
Deus, Deus, Deus, Deus, Deus, você fez
O gado coitado nasceu foi marcado
Aí vai condenado direito a charqueada
Mas manda a poeira pro rumo de Deus
Berrando pra Ele dizendo pra Deus
Deus, Deus, Deus, Deus, Deus, você fez

Boi, boi, boi, boi, boi, boi, boi
Os homens de preto empurrando a boiada
vem vindo cantando dando gargalhada
Deus, Deus, Deus, Deus, Deus
publicidade