Gato Siamês

Eliana de Lima

Pa pa pa ra ru lá...pa pa pa ra ru lá
Pa ra ra ra...pa ra ra ra...pa ra ra ra...

Eu ligo o rádio e vou, pra varanda
Ainda é claro no horário de verão
A primeira estrela do luar vem
Eu sou ninguém, sem você...

Quase posso ver seu rosto lindo
Em silhuetas num resto de sol
Que se perde aos poucos nos montes
A saudade é quase que fatal...

E acariciando os pelos do meu gato siamês
Te imagino voltando outra vez...(Outra vez!)
E acariciando os pelos do meu gato siamês
Te imagino voltando outra vez...
  • publicidade