Apenas Matriz

Eliana de Lima

Você diz que eu te faço infeliz
Que não passo de um calo
Em seu calcanhar
Quer que eu seja
Apenas matriz
Mas centenas de vezes me faz tão vulgar
E na cama você insinua que até mesmo nua
Não sou mais mulher
E me diz que eu não mexo direito
Não faço do jeito que você mais quer
Que eu sou bem melhor
Na cozinha tão boa de linha
E também de lavar e passar passo bem
sou rainha
Sou dona de lar
Você não que me dar amor
Nem dá valor a quem te quer
Sou bem feliz por ser sua mulher
Mais infeliz no coração
Meus sonhos rolam
Pelo chão
Você me trata com desdém desfaz de mim
Ma não me troca por ninguém
  • publicidade