Edvaldo Santana

Blues Caboclo

Edvaldo Santana

Eu não como ouro
Porque não sou tolo
Isso tudo é pouco
Pro meu racha rouco
Vim pro jet-set
Pra cantar um pouco
O meu santo é louco
Meu anjo é barroco

Não nasci pra fazer teste
Nem levo jeito pra réu
Eu tenho desde pivete
Idéia, suingue e chapéu
Eu não nasci pra fazer teste
Nem levo jeito pra réu
Eu tenho desde pivete
Idéia, motivo e cordel

Finjo-me de morto
Ficando bem torto
No aeroporto
Não discuto gosto
Sou urbano agreste
Sou do mês de agosto
O meu santo é louco
Meu anjo é barroco

Bugre não sou loiro
Tô mais pra crioulo
O meu samba é doido
Já dancei com lobos
Com meu blues caboclo
E meu funk probo
O meu santo é louco
Meu anjo é barroco
publicidade