fotos de Eduardo Costa

Eduardo Costa

Sertanejo, Country

Vou Pro Buteco Beber (Acústico)

Eduardo Costa

Cada vez que ela se vai
Eu quase morro de saudade
Fico buscando consolo
Pelas ruas da cidade
Vivo andando sozinho
E me entregando a bebendo
E morrendo de saudade
Do amor dessa bandida

Toda vez que a gente briga
É o mesmo pesadelo
A vida vira um inferno
Quase entro em desespero
e sempre a mesma historia
Eu entrando numa fria
Vivendo de bar em bar
Bebendo minha agonia
E sofrendo como um louco
Vendo amanhecer o dia

Ai ai ai ai

Daria a vida para poder esquecer
Se ela não volta
Não tem mais graça viver
Peço pra Deus para me deixar morrer

Ai ai ai

É muito tenso eu ter que gostar sozinho
O que eu quero é um pouco de carinho
Enquanto isso eu vou pro boteco beber

Toda vez que a gente briga
É o mesmo pesadelo
A vida vira um inferno
Quase entro em desespero
e sempre a mesma historia
Eu entrando numa fria
Vivendo de bar em bar
Bebendo minha agonia
E sofrendo como um louco
Vendo amanhecer o dia

Ai ai ai ai

Daria a vida para poder esquecer
Se ela não volta
Não tem mais graça viver
Peço pra Deus para me deixar morrer

Ai ai ai ai

É muito tenso eu ter que gostar sozinho
O que eu quero é um pouco de carinho
Enquanto isso eu vou pro boteco beber




Envie essa música para um amigo
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Coração Pirata
  • 02 A Carta
  • 03 Coração Aberto
  • 04 Eu Duvido
  • 05 Como Eu Te Amo
  • 06 Amor de Violeiro
  • 07 Linda Demais
  • 08 Cachaceiro (ao vivo)
  • 09 Começar de Novo
  • 10 Fui Dando Porrada (feat. Clayton e Romário)