É de Madrugada

Eduardo Costa

É de madrugada...
Estou sozinho em casa
No peito uma dor
Chamando seu amor
Queima feito brasa
Estou aqui sozinho
Sem ter o seu carinho
Perdido em minha solidão

Não sei o que fazer
Só penso em você
Dona do meu coração

É de madrugada...
Estou sozinho em casa
No peito uma dor
Chamando seu amor
Queima feito brasa
Estou aqui sozinho
Sem ter o seu carinho
Perdido em minha solidão

Não sei o que fazer
Só penso em você
Dona do meu coração

Vem, vem
Não posso mais ficar sozinho
Eu quero ter o seu carinho
Eu quero ter o seu amor

Vem, vem
Não importa o que você fez no passado
Eu quero é ter você do meu lado
Eu quero ter o seu amor

É de madrugada...
publicidade