fotos de Ednardo

Ednardo

MPB

Dita

Ednardo

Qualquer poema bom
Provem do amor
Narcísico sei
Do que estou falando

Porque os faço eu mesmo
E uso a flor
Da pele das palavras
Mesmo quando

Assino os heterônimos famosos
Catulo, Caetano, Safu ou Fernando
Falo por todos, somos fabulosos
Por sermos enquanto nos desejando

Beijando o espelho d´gua da linguagem
Jamais tivemos mesmo outra mensagem
Jamais adivinhando se a arte imita
A vida ou se a incita ou se é bobagem

Desejamo-nos é a nossa desdita
Pedindo nos demais que seja dita

Qualquer poema bom
Provem do amor
Narcísico sei
Do que estou falando

Porque os faço eu mesmo
E uso a flor
Da pele das palavras
Mesmo quando

Assino os heterônimos famosos
Catulo, Caetano, Safu ou Fernando
Falo por todos, somos fabulosos
Por sermos enquanto nos desejando

Beijando o espelho d´gua da linguagem
Jamais tivemos mesmo outra mensagem
Jamais adivinhando se a arte imita
A vida ou se a incita ou se é bobagem

Desejamo-nos é a nossa desdita
Pedindo nos demais que seja dita

  • publicidade