Duduca e Dalvan

Duduca e Dalvan

Sertanejo

Pirâmide Do Amor

Duduca e Dalvan

Quem sou eu, quem sou eu
Um poeta, um pobre, um vagabundo.
Quem sou eu, quem sou eu
Pra ganhar um pouquinho de amor
Da mulher mais bonita do mundo!
O homem mais feliz do mundo
É aquela que vive com ela
Ela é a mulher mais divina,
É atriz de teatro e novela.
Quando eu ligo a televisão
É a primeira que surge na tela
Eu a vejo tão perto de mim,
E eu sofro tão distante dela!
O azul do mar tem inveja,
Dos olhos azuis que ela tem
Meu coração tem ciúme
Ao vê-la em cena beijando alguém!


Dose Dupla
Album: Dose Dupla
Gravadora: CD Center Digital
Ano: 2017
Faixa: 8
  • publicidade