fotos de Duduca e Dalvan

Duduca e Dalvan

Sertanejo

Dama De vermelho

Duduca e Dalvan

Dama De Vermelho

Garçom, olhe no espelho
A dama de vermelho,
Que vai se levantar
Note que até a orquestra
Fica toda em festa,
Quando ela sai para dançar

Esta dama, já me pertenceu
E o culpado fui eu,
Da separação
Hoje, choro de ciúme
Ciúme até do perfume,
Que ela deixa no salão

Garçom amigo,
Apague a luz da minha mesa
Eu não quero que ela note,
Em mim tanta tristeza

Traga mais uma garrafa,
Hoje vou me embriagar
Quero dormir para não ver,
Outro homem lhe abraçar


Gigantes
Album: Gigantes
Gravadora: WM Brazil
Ano: 2003
Faixa: 9
  • publicidade