Dudu Nobre

Seu Olegário - Casa De Dona Fia

Dudu Nobre

[x2]
Seu Olegário não quer mais saber de vender fiado
Seu Olegário não quer mais saber de vender fiado
Anda meio indignado
Fazendo das tripas coração
E achou por bem acabar com a mordomia
Que a sua freguesia diz prendia

De repente seu papagaio
Com a solução a tagarelar
Do jeito que a coisa ta fiado nem pensar
Do jeito que a coisa ta fiado nem pensar
Eu compro produto a dinheiro
Vem você querendo me atrapalhar
Não venha com essa conversa
Não me leve a mal eu não vou lhe fiar
Já vi vários exemplos e nessa roubada eu não vou entrar
Seu Chico por ser generoso bancando bondoso falido está
Do jeito que a coisa ta fiado nem pensar
Do jeito que a coisa ta fiado nem pensar

Lá no morro do salgueiro de noite, noite e dia
É pagode o ano inteiro na casa da Dona Fia
Pé serra, Nove hora, vem lembrando Noel e Babão
Tia Zezé lá na roda filmando pagode na palma da mão
É na palma da mão...

Eu fui lá no morro e gostei
Tinha um samba quente eu sambei
Ao som de uma viola encantei
Com a rapaziada eu dancei

[x2]
A noite se foi e eu fiquei
Junto com o dia arraiei
E essa saudade até hoje me bate
Não vou me esquecerei

É na palma da mão...


publicidade