foto

Brincadeira Na Ribeira

Dominguinhos

Quando tem brincadeira na ribeira
Umas morena dancedeira eu viro o cão
um oito baixo ligeira que nem curisco
eu só saio no sisco quando vassôra o salão

Eu vou pro samba logo a boquinha da noite
pego a besta no açoite sou o primeiro a chegar
passo no bar esquento a guela com um goró
sei que sou o derradeiro a sair desse forró

Quando tem brincadeira na ribeira
com as morena dancedeira eu viro o cão
um oito baixo ligeira que nem curisco
eu só saio no sisco quando vassôra o salão

Lá pelas tantas Maria soltando a franga
eu fico de perna bamba rodando num pé só
Zé Mororó já tá bebo no terrero
sei que sou o derradeiro a sair desse forró

Quando tem brincadeira na ribeira
com as morena dancedeira eu viro o cão
um oito baixo ligeira que nem curisco
eu só saio no sisco quando vassôra o salão

Dona Zefinha no fia bota sentido
seu noivo Zé Dizidio lhe aperta que faz dó
deixa queimar o pavio do candieiro
sei que sou o derradeiro a sair desse forró

Quando tem brincadeira na ribeira
com as morena dancedeira eu viro o cão
um oito baixo ligeira que nem curisco
eu só saio no sisco quando vassôra o salão

abotuado no escuro com Solange
quem vê a gente de longe pensa até que é um só
Olha é amor de dá inveja ao mundo inteiro
sei que sou o derradeiro a sair desse forró

Quando tem brincadeira na ribeira
com as morena dancedeira eu viro o cão
um oito baixo ligeira que nem curisco
eu só saio no sisco quando vassôra o salão(bis)
publicidade
publicidade