foto

Jogado Na Rua / Vou Te Amarrar Na Minha Cama / Sufoco (Ao Vivo)

Dom Vittor & Gustavo

Não tá fácil ficar sem seu amor aqui
Que saudade que dá
Chego a ter dó de mim
Meu amor é assim
Bruto e sincero demais
Sentimento sem fim
Amo você e ninguém mais
Me deixou assim
Sombra na escuridão
Arrancou de mim a paz o sorriso e a razão
Uoh uoh uoh uoh ai

É no som da viola
Que o peito chora
Nessas noites de lua
Jogado na rua, ai ai amor
Ai amor
Nessas noites de lua
Jogado na rua

É no som da viola
Que o peito chora
Nessas noites de lua
Jogado na rua, ai ai amor
Ai amor
Nessas noites de lua
Jogado na rua


Gatinha manhosa do beijo gostoso
Me afasta e me arranha
Mas as nossas desavenças
Não entram no quarto
Quando a gente se assanha

Esse amor escondido minutos contados
Amor proibido sabor de pecado
Ou a gente se assume
Ou acaba morrendo de tanto ciúme

E esse amor escondido minutos contados
Amor proibido sabor de pecado
Ou a gente se assume
Ou acaba morrendo de tanto ciúme

Vou te amarrar na minha cama
Só vai fazer amor comigo
Eu te quero e preciso
Só junto de você
A minha vida faz sentido

Vou te amarrar na minha cama
Só vai fazer amor comigo
Eu te quero e preciso
Só junto de você
A minha vida faz sentido


Eu sei que é amor e sinto pra valer
Mas por você eu dou a cara pra bater
Se eu te peço um beijo, mata o meu desejo
E tira o meu sufoco

Como que eu faço pra tirar da cabeça
Sendo que você não sai do meu coração?
Sempre que me pede pra que eu te esqueça
Fico no sufoco com essa paixão

Eu não sou brinquedo, mas você me pisa
E sem querer judia do meu coração
E faz minha cabeça, sempre que preciso te dizer um não

Eu sei que é amor e sinto pra valer
Mas por você eu dou a cara pra bater
Se eu te peço um beijo, mata o meu desejo
E tira o meu sufoco com o seu prazer

Eu sei que é amor e sinto pra valer
Mas por você eu dou a cara pra bater
Se eu te peço um beijo, mata o meu desejo
E tira o meu sufoco
publicidade
publicidade