Madressilva

Djavan

Vem me iluminar com o teu sorriso
Lacrar tudo
De aroma igual a madressilva
És minha, eu sei
Abre-se um céu azul em meio à tempestade glacial
É normal porque és minha
E cumprir qualquer desejo teu
E é sagrado
Por precisar pelar meu lado
O fogo aquece a lua imersa na luz do amor

Tu que me tiraste de um vazio
Dores idas
Ao teu pensamento eu associo
Minha vida
Entre os seres de boa sorte que a natureza criou
Estou eu porque és só minha
Com quem, de mar em mar, avistei
Um cais dourado
Pra contemplar nosso passado
O fogo aquece a lua imersa na luz do amor
publicidade