Tanta Saudade (ao vivo)

Diogo Nogueira

Era tanta saudade
É, pra matar
Eu fiquei até doente
Eu fiquei até doente, menina

Se eu ficar na saudade
É, deixa estar
Saudade mata a gente
Saudade mata a gente, menina

Quis saber o que é o desejo
De onde ele vem
Fui até o centro da terra
E é mais além

Procurei uma saída
O amor não tem
Estava ficando louco
Louco, louco de querer bem

Quis chegar até o limite
De uma paixão
Baldear o oceano
Com a minha mão

Encontrar o sal da vida
E a solidão
Esgotar o apetite
Todo o apetite do coração

Mas voltou a saudade
e é pra ficar
Ah! eu encarei de frente
Ah! eu encarei de frente, menina

Se eu ficar na saudade
É, deixa estar
saudae engole a gente
saudade engole a gente, menina

Quis saber o que é o desejo
De onde ele vem
Fui até o centro da terra
E é mais além

Procurei uma saída
O amor não tem
Estava ficando louco
Louco, louco de querer bem

Quis chegar até o limite
De uma paixão
Baldear o oceano
Com a minha mão

Encontrar o sal da vida
E a solidão
Esgotar o apetite
Todo o apetite do coração

Ah! amor, miragem minha,
Minha linha do horizonte,
É monte atrás de monte, é monte,
a fonte nunca mais que seca

Ai! saudade ainda sou moço,
Aquele poço não tem fundo,
É mundo e dentro um mundo e dentro
Éé um mundo que me leva...
  • publicidade