foto

E Se For

Diogo Nogueira

E se for pra ser amor
Gravata e terno, véu e grinalda
À moda antiga, amor eterno
Chuva de inverno, inundações
De muitas emoções

E se for feito de paz, intensamente meu
Vai descobrir que aqui jaz um coração ateu
E pode acreditar que o mundo é só você
É só você e eu

Vem que eu sou capaz de qualquer coisa pra juntar nós dois
Deixa o destino aquarelar e o que virá depois
E colorir o prazer a paixão, o viver
Por onde eu caminhar quero estar com você

Só se for pra gente seguir
Se for pra gente sorrir
Se for pra endoidecer de tanto amor

Só se for pra gente seguir
Se for pra gente sorrir
Se for pra endoidecer de tanto amor

E se for pra ser amor
Gravata e terno, véu e grinalda
À moda antiga, amor eterno
Chuva de inverno, inundações
De muitas emoções

E se for feito de paz, intensamente meu
Vai descobrir que aqui jaz um coração ateu
E pode acreditar que o mundo é só você
É só você e eu

Vem que eu sou capaz de qualquer coisa pra juntar nós dois
Deixa o destino aquarelar e o que virá depois
E colorir o prazer a paixão, o viver
Por onde eu caminhar quero estar com você

Só se for pra gente seguir
Se for pra gente sorrir
Se for pra endoidecer de tanto amor

Só se for pra gente seguir
Se for pra gente sorrir
Se for pra endoidecer de tanto amor

Só se for pra gente seguir
Se for pra gente sorrir
Se for pra endoidecer de tanto amor

Só se for pra gente seguir
Se for pra gente sorrir
Se for pra endoidecer de tanto amor

Só se for pra gente seguir
Se for pra gente sorrir
Se for pra endoidecer de tanto amor
publicidade
publicidade