Santo Forte

Dilsinho

Foi embora era meia-noite
Meteu o pé deixou o vinho na metade
Tá vacilando em deixar a minha cama vazia
Tá abrindo concorrência pra cidade

Se pra você deixei de ser
Tão importante não me olha mais como antes
Sei que ter você
Culpado não você
Que via amor onde era só prazer

Eu sei que o tempo vai passar
Bocas vão rolar
Mas do jeito que o seu santo é forte
Ninguém vai me amar
Eu vou voltar atrás só pra matar vontade

Ficar sem você dói mais do que ter só metade