foto

Abril de 2011 (feat. Dr. Jayme)

Dexter

Guarulhos, abril de 2011

Marcos admitiu seus ilícitos,
deu por errado as suas escolhas anteriores,
compreendeu o carcere,
como legítima retribuição aos males por ele provocado,
e não abandonou mesmo com todas as limitações
inerentes a suas condições de existir,
aquela opção que entendeu melhor,
tanto para si como para o grupo social.
Por todos esses motivos,
Marcos Fernandes de Omena,
merece antecipação de sua liberdade,
e é o que lhe concedo.
publicidade
publicidade