Qual será nosso futuro
Um mundo escuro, um mundo inseguro?
Não vai haver prazer no que você pode fazer
Não vai haver natureza que um dia verde
Agora é negra, agora é negra

Não vai haver sentimentos
Pensaremos como máquinas
Só falaremos o certo, nunca o incerto
Não vai haver o amor, o amor que constrói
Vai haver o ódio, o ódio que destrói
Destrói! Destrói!

E quando ele chegar, não vai implorar
Pro mundo brilhar, o verde voltar
O sentimento renascer, o ódio falecer
Ele nunca vai fazer seus sonhos viverem

E ele odeia teu ser, ele tem nojo porque
Ele detesta você, seus sonhos vão viver
Seus sonhos vão viver! E você vai viver pra ver
Seus sonhos vão viver! E você vai viver pra ver,
Viver pra ver, viver pra ver!
publicidade
publicidade