Silêncio

Detonautas

Quando tive medo no começo,
eu vim só pra te dizer
Revirei meus planos pelo avesso
Confinando meu valor
Essa luz estranha que te afaga
É dificil de encotrar
Fica latejando na memória
Regulando meu amor

Quando o sono não vem
E é dificil de encarar
Quantos dias já tem ?
Que eu perdi o seu amor,
O seu amor!

Quem um dia poderia crer ?
No silêncio desse amor comum
Eu não posso, eu nao devo,
eu não tenho, eu não quero esconder
Os segredos que ainda me restam por direito algum

Das palavras que não quis dizer
Dos sufocos todos que escapei
Eu não posso, eu não devo,
eu não tenho, eu não quero esconder
dos segredos que ainda me lembro não sobrou nenhum.
...

Quando o sono não vem
E é dificil de encarar
Quantos dias já tem ?
Que eu perdi o seu amor,
O seu amor,
E o seu amor!
Quando tive medo no começo,
eu vim só pra te dizer.


Roque Marciano
Album: Roque Marciano
Gravadora: WM Brazil
Ano: 2004
Faixa: 7
  • publicidade