Nada é Sempre Igual

Detonautas

Eu sei, tá tudo diferente
Nada é mesmo igual, pra sempre
O tempo muda a gente o tempo inteiro
As flores mudam na estação, os dias claros do verão que acabou

Tente imaginar
Talvez
Eu seja mesmo um cara um pouco estranho
Difícil de aceitar, difícil de entender e assim

O amor não precisa ser igual pra sempre
E se você quiser de mim
Tem que me aceitar assim
Como eu vim, como eu vim

Eu sei, o mundo é tão estranho
E pra ser feliz aqui
Temos que encarar que nos perdemos
Nada é sempre igual, as flores crescem no jardim
Então...

O amor não precisa ser igual pra sempre
E se você quiser de mim
Tem que me aceitar assim
Como eu vim, como eu vim
O amor, meu amor
Meu amor, meu amor



O Retorno de Saturno
Album: O Retorno de Saturno
Gravadora: Sony BMG Music Entertainment
Ano: 2008
Faixa: 2
  • publicidade