Se vira vem me amar
Tão sem graça e vai chover depois das 6
Cê vinha me amar
Adoro quando ele vem chamar depois das 6

Olho na janela e vejo a rua tão vazia quanto a casa
Minha varanda molhada de chuva
Uma bala não me basta, uma curva

Tem tanta coisa que não encaixa
Eu tô sempre pra jogar pro mar, deixar levar, ficar
Te levar quando eu for viajar
Vem me acordar pra não perder a hora

Muda, e vê que é meu esse mundo da lua
Repete o filme eu durmo na sua
E tem chuva pra cantar

Enquanto o tempo passa a minha força
É fé que nunca mais se abala mesmo na forca
Mesmo que seja, mesmo que fosse
Logo, logo tô em casa é meu lucro, meus versinho nesse rio e enfim só

Então me deixa cantar de amor
Minha varanda molhada de chuva
Uma bala não me basta, uma curva

Muda, e vê que é meu esse mundo da lua
Repete o filme eu durmo na sua, e tem chuva pra cantar

Pra não chegar tarde, vamos sem demora
O que deixa triste, a chuva leva embora
Nada seja breve, tudo tem a hora
O amor já serve, o amor que conta
(2x)
publicidade
publicidade