fotos de Cristiano Araujo

Cristiano Araujo

Sertanejo

Sou Nada Sem Você

Cristiano Araujo

Como estrela cadente mudou
Como folha no vento voou
Foi embora aquele olhar
Que jurou para sempre me amar
Nos impulsos de um coração
É preciso escutar a razão
Todavia não foi o meu caso
Eu paguei por não ter escutado

E só ficou vontade de chorar, chorando
Só eu vou fingindo não te amar, te amando
Só eu sou capaz de entender
Que nada sou
Sou nada sem você

Esse olhar não me enxerga mais
Quando grito não olha pra trás
Vai seguindo um caminho sem volta
Nunca mais vai bater em minha porta
Nos resíduos de uma paixão
É preciso estreitar a visão
Todavia não foi o meu caso
Eu te amava de olhos fechados

E só ficou vontade de chorar, chorando
Só eu vou fingindo não te amar, te amando
Só eu sou capaz de entender
Que nada sou
Sou nada sem você


Continua
Album: Continua
Gravadora: Som Livre
Ano: 2013
Faixa: 19