fotos de Cristiano Araujo

Cristiano Araujo

Sertanejo

Obedece Ou Fica Só (Ao Vivo)

Cristiano Araujo

Obedece ou fica só
Só, só me ligando e chorando,
Só, só sem ninguém pra amar,
Só, só pras amigas falando que tá louca pra voltar.

Eu já te provei mais de mil vezes que te amo,
Mas você sempre de mim desconfiando,
Achando que eu quero te enganar.

Eu larguei meu mundo pra viver somente o seu
Mas na verdade você nunca mereceu,
Mudei a estratégia de te amar.

E agora eu não vou mais deixar você me controlar,
Juro, eu não vou mais ser submisso a você.
Agora tudo que eu mandar tem que obedecer

Obedece ou fica só
Só, só me ligando e chorando,
Só, só sem ninguém pra amar,
Só, só pras amigas falando que tá louca pra voltar.
Só, só me ligando e chorando,
Só, sem ninguém pra amar,
Só, só pras amigas falando que tá louca pra voltar.

Eu já te provei mais de mil vezes que te amo,
Mas você sempre de mim desconfiando,
Achando que eu quero te enganar.

Eu larguei meu mundo pra viver somente o seu
Mas na verdade você nunca mereceu,
Mudei a estratégia de te amar.

E agora eu não vou mais deixar você me controlar,
Juro, eu não vou mais ser submisso a você.
Agora tudo que eu mandar tem que obedecer

Obedece ou fica só
Só, só me ligando e chorando,
Só, só sem ninguém pra amar,
Só, só pras amigas falando que tá louca pra voltar.
Só, me ligando e chorando,
Só, só sem ninguém pra amar,
Só, só pras amigas falando que tá louca pra voltar.

Só, só me ligando e chorando,
Só, só sem ninguém pra amar,
Só, só pras amigas falando que tá louca pra voltar.
Só, só me ligando e chorando,
Só, sem ninguém pra amar,
Só, só pras amigas falando que tá louca pra voltar.

Obedece ou fica só
Só, só sem ninguém pra amar,
Só, só pras amigas falando que tá louca pra voltar.
Só, só me ligando e chorando,
Só, sem ninguém pra amar,
Só, só pras amigas falando que tá louca pra voltar.
Só, só me ligando e chorando,
Só, só sem ninguém pra amar,
Só, só pras amigas falando que tá louca pra voltar.



Album: In The Cities - Ao Vivo em Cuiabá (2014)
Gravadora: Som Livre
Ano: 2014
Faixa: 14