foto

Carnaval De Amor

Conrado e Aleksandro

Carnaval, o que é que eu faço
Pra te ter no meu abraço
Sem que você não me cause mal
Afinal, essa zoeira eu cai na bebedeira
Só pro coração ficar legal.

Joga as cartas, e só blefa
Mais no amor não se interessa
Eu já fui, já voltei, porta aberta na hora certa
Que eu te larguei

Vai chorar, quando me ver na rua com alguém do lado
Já eu não sou museu pra viver de passado
Você fez tudo errado e me magoou.
Vai chorar, hoje valeu a pena ver cada segundo
Você me judiou e afundou meu mundo
Pode chorar sozinha pra aprender amar

Põe as fichas na remessa
Mais no amor não se interessa.
Eu já fui, já voltei
Ai que dor, eu senti na pele
Um carnaval de amor

publicidade
publicidade