(?)

Samba, oh
Me deixa sambar
Samba, oh
Me deixa sambar

Quando ela entra nesse transe
O mundo gira
E ela pensa até que tá parada no lugar
Ela acredita que beleza contamina
E que rebolando faz o mundo swingar

E ali no meio da quadra, no meio da multidão
Ela sozinha, feito um furacão, sambava
Nem quer saber se o que veio primeiro foi a batucada
Ou o rebolado, a moça começa à cantar

Samba, oh
Me deixa sambar
Samba, oh
Me deixa sambar
Samba, oh
Me deixa sambar
Samba, oh
Me deixa sambar

(?)

Quando ela entra nesse transe
O mundo gira
E ela pensa até que tá parada no lugar
Ela acredita que beleza contamina
E que rebolando faz o mundo swingar

E ali no meio da quadra, no meio da multidão
Ela sozinha, feito um furacão, sambava
Nem quer saber se o que veio primeiro foi a batucada
Ou o rebolado, a moça começa a cantar

Samba, oh
Me deixa sambar
Samba, oh
Me deixa sambar
Samba, oh
Me deixa sambar
Samba, oh
Me deixa sambar

Lindo
No silêncio do samba
E ela canta lindo
No silêncio do samba
No silêncio do samba

(?)

Quando ela entra nesse transe
O mundo gira
E ela pensa até que tá parada no lugar
Ela acredita que beleza contamina
E que rebolando faz o mundo swingar

E ali no meio da quadra, no meio da multidão
Ela sozinha, feito um furacão, sambava
Nem quer saber se o que veio primeiro foi a batucada
Ou o rebolado, a moça começa à cantar

Samba, oh
Me deixa sambar
Samba, oh
Me deixa sambar
Samba, oh
Me deixa sambar
Samba, oh
Me deixa sambar

Canta lindo
No silêncio do samba
Lindo
No silêncio do samba
No silêncio do samba
No silêncio do samba
No silêncio do samba

compositores: FERNANDO LEITE, JOHN CHARLES BARRETT, ENRIQUE JOSE MARTIN MORALES, MARCELO MIRA, SAMILE JOCKER
publicidade
publicidade