Imagina você levantando da cama agora
Pegando a chave do carro e batendo a porta

Só você e o teu pensamento
Ouvindo a canção do momento

Pense agora você dirigindo, cortando a BR
Nada te pararia, nem chuva, nem sol, nem neve
Imagina você com saudade
Entrando na minha cidade

De repente o teu carro freando
E o meu interfone tocando
E quando eu pergunto quem é
Você me responde "te amo"

Aí reconheço sua voz
E abro a porta chorando
E a gente se abraça ali mesmo na sala
E já vai se beijando
Imaginou? Já imaginou?
Imaginou?

Agora para de imaginar e faz
Para de imaginar e faz
E não esquece nunca mais
Que eu te amo até demais
Para de imaginar e faz, faz
publicidade