Chico Cesar

Da licenca M'

Chico Cesar

Fome
Barriga do homem
Não é sua casa
Dor
Peito do homem
Não é seu apart-hotel
Medo
Cabeça do homem
Não é sua praia
Infelicidade
A vida do homem
Não é seu metrô
Sai sai sai
Eu vou contar
Até três
E nunca mais
Sai sai sai
Dá licença m’esta
publicidade