Cezar & Paulinho

Tombos do Amor

Cezar & Paulinho

Todo mundo conta os copos que eu bebo
Mas não vê os tombos que eu levo
Todo mundo acha graça de ver um homem chorar
Mas não ensina o remédio

Pra curar essa paixão e a saudade de você
Não existe consolo
Que vontade de abraçar, de te beijar
Depois dormir no seu colo

Mas se Deus que não quer ver ninguém chorar
Me ouvir
Vai fazer meu coração se alegrar
E sorrir

Vai fazer você sentir tanto desejo
De me amar como eu te amei
E o amor vai tomar conta de nós dois
Outra vez

Quando voltar não olhe pra trás
Vem pra ficar, não me abandone mais
Quando voltar não olhe pra trás
Vem pra ficar, não me abandone mais
publicidade