Cezar e Paulinho

Tenha Pena, Tenha Dó

Cezar e Paulinho

Aí meu bem, tenha pena tenha dó
Aí meu bem, tenha pena tenha dó
Tô sofrendo, tô doente
Cada dia eu tô pior...

Ela largou de mim tô sozinho no mocó
Coração capatou, minha garganta deu um nó
Eu só vivo no buteco dia e noite no goró
Se ela não voltar pra mim
Vou abotoar o paletó...

Eu tô falando sozinho, tô meio borocoxó
Eu já tô desiludido, tô no osso tô no pó
Já tem mais de 30 dias, eu estou dormindo só...

Aí meu bem, tenha pena tenha dó
Aí meu bem, tenha pena tenha dó
Tô sofrendo, tô doente
Cada dia eu tô pior...

O doutor me receitou caldinho de mocotó
Eu tô comendo quiabo, cebolinha com jiló
Quem tá cuidando de mim é a coitada da minha vó
Eu que fui um galo índio não passo de carijó
Tomei chá de hortelã pra ver se eu fico melho
Encostei minha sanfona, não quero tocar forró
Já tem mais de 30 dias, eu estou dormindo só...

Aí meu bem, tenha pena tenha dó
Aí meu bem, tenha pena tenha dó
Tô sofrendo, tô doente
Cada dia eu tô pior...
publicidade