Cezar e Paulinho

Mais Uma Noite De Amor

Cezar e Paulinho

Vejo um falso brilho em seu sorriso
Tento disfarçar o seu fracasso.
Pra me sustentar mesmo sem amor
Preciso mais calor nos seus braços.

Não é que eu seja vingativo,
Mais você pode até dizer que eu sou.
Só sei dizer que eu não dei nenhum motivo
E friamente você me enganou.

Você foi mulher da minha vida
O fogo e a paixão que eu tanto quis.
Você foi minha deusa enaltecida
Sofri pra que você fosse feliz.

Mesmo sendo assim não deu valor
Vivendo com um romance escondido.
Esta é mais uma noite de amor
Pra atender mais uma vez o seu pedido.

Hoje vou deixar a luz acesa
Embora nunca foi nosso costume.
Sinto dessa vez não te acompanhar,
Nem me embriagar com seu perfume.

Não posso viver nem ao seu lado
Sabendo da desonra que me fez.
Você pede chorando e eu contrariado,
Me esforço pra te amar mais uma vez.

Você foi mulher da minha vida
O fogo e a paixão que eu tanto quis.
Você foi minha deusa enaltecida
Sofri pra que você fosse feliz.

Mesmo sendo assim não deu valor
Vivendo com um romance escondido.
Esta é mais uma noite de amor
Pra atender mais uma vez o seu pedido.
publicidade