Cezar e Paulinho

Final Da Vida

Cezar e Paulinho

No posto da esperança abasteci meu coração
E na rua da aventura eu entrei na contramão
Mesmo assim continuei na maior velocidade
E nem vi quando passei a praça felicidade

Só me lembro que peguei a estrada da paixão
E na curva do amor trombei com a ingratidão
Veio o guincho do desprezo e tiro-me da ilusão
Meu coração virou sucata no pátio na solidão

Tudo por você meu bem, pode se esnobar minha querida
Só quero ver você escapar do triste final da vida
Tudo por você meu bem, pode se esnobar minha querida
Só quero ver você escapar do triste final da vida






publicidade