Cezar e Paulinho

Eu Também Sou Sentimental

Cezar e Paulinho

Quem é
Que não teve na vida
Um problema de amor
Uma desilusão

Quem é
Que não guarda consigo
Uma triste saudade
No seu coração

Quem é
Que não foi pelo menos
Uma vez na vida
um pouco de alguém

Quem é
Que não sabe também
Que nun jogo de amor
Ninguém é de ninguém

Quem é, quem é
Que não quer ser feliz um pouquinho
E quem é, que não reza baixinho
Pra ter sorte no amor

Quando o amor da gente
Vai embora de repente
A gente fica mesmo assim, sentimental

Quem me vê chorando
Vai saber que estou amando
Pois na verdade
Eu também sou sentimental

Quem é, quem é
Que não quer ser feliz um pouquinho
E quem é, que não reza baixinho
Pra ter sorte no amor

Quando o amor da gente
Vai embora de repente
A gente fica mesmo assim, sentimental

Quem me vê chorando
Vai saber que estou amando
Pois na verdade
Eu também sou sentimental
publicidade