Cezar & Paulinho

De Frente Com Você

Cezar & Paulinho

Nosso destino se cruzou
Em plena rua
Entrei na sua
E fui direto ao coração

Tão distraído
Por você fui atraído
Não mais duvido
Dessa força da paixão

Digo te amo
Mas não sei se é verdade
Felicidade deve ser
De outro jeito

Porque te quero
De um modo egoísta
Meu ciúme dá na vista
Me tortura e dói no peito

Porque preciso do seu cheiro
Do seu beijo
Pra matar o meu desejo
Só você ou nada feito

A culpa é da paixão
Que não me deixa te deixar
Que põe o bobo pra penar
Viver assim não dá prazer

Pena meu coração
Que andava pela contramão
Foi desviar da solidão
Bateu de frente com você
publicidade