foto

Blusa Vermelha / Castelo de Amor (Ao Vivo)

Cesar Menotti e Fabiano

Quando olho na parede vejo o seu retrato
As lágrimas banham meu rosto num pranto sem fim
Sento na cama e fico sozinho no quarto
Vem a saudade bandida e se apossa de mim
Levanto e vou no guarda roupa e abro as portas
Vejo a blusa vermelha que você deixou
Aí então o desespero prova minha calma
Eu saiu pra rua e até minha
Chora em silêncio ao sentir minha dor
Deus ó senhor poderoso eu lhe faço um pedido
mande um alívio a este coração que sofre

(BIS 2x)
se ela um dia regressar eu lhe agradeço
porém padecer como eu padeço
prefiro mil vezes que me mande a morte

Num lugar longe bem longe
Lá no alto da colina
Onde vejo a imensidão
E as belezas que fascina
Ali eu quero morar, juntinho com a minha flor
Alí quero contruir o nosso castelo de amor

Quando longe muito longe
Surge o sol no horizonte
Fazendo raja no céu
Fazendo o clarão dos montes
Aquecendo toda a terra
Bebendo o orvalho das flores
Quero brindar com carinho
No nosso castelo de amor


publicidade