foto

Deus Mestiço

Carlinhos Brown

Babalú
Padá abó
Babalú
Padá abó
Baba mí babá
Padá abó
Babalú, babalú, babalú

Nós não temos como explicar
Esse amor por Yemanjá há
É melhor refletir e parar de ferir
O âmago invisível

Não precisa entender o aqui
Nossa fé vem do existir
No atabaque batido
Meu axé, meu abrigo de alma visível

As águas tem querer babá
E a terra tem os orixás
Nesta selva terei
A lembrança de reis, bantos, Yorubás

Dobra rum de Ogum para Oxum
De dadá a balé
Para nós Cristo é Oxalá
Aleluia, aleluia a Jesus
Haja luz de omolu a nós um

Babalú
Babá padá abó
Babalú
Babá padá abó
Baba mí babá
Padá abó

Babalú
Babá padá abó
Babalú
Babá padá abó
Baba ní babá
Padá abó
Babalú vala mí, vala nos

Atôtô babá
Atôtô
Atôtô omulú
Babalodê alorê minazú didê
Olorum modupê
Olorum didê
Kalofé
Kalofé
publicidade
publicidade