Os Outros Romanticos

Caetano Veloso

Eram os outros românticos, no escuro
Cultuavam outra idade média, situada no futuro
Não no passado
Sendo incapazes de acompanhar
A baba Babel de economias
As mil teorias da economia
Recitadas na televisão
Tais irredutíveis ateus
Simularam uma religião
E o espírito era o sexo de Pixote, então
Na voz de algum cantor de rock alemão
Com o ódio aos que mataram Pixote a mão
Nutriam a rebeldia e a revolução

E os trinta milhões de meninos abandonados do Brasil
Com seus peitos crescendo, seus paus crescendo
E os primeiros mênstruos
Compunham as visões dos seus vitrais
E seus apocalipses mais totais
E suas utopias radicais

Anjos sobre Berlim
"O mundo desde o fim"
E no entanto era um SIM
E foi e era e é e será sim

Envie essa música para um amigo
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Podres Poderes
  • 02 Qualquer Coisa
  • 03 Eu Sei Que Vou Te Amar
  • 04 Alegria, Alegria
  • 05 Queixa
  • 06 Livros
  • 07 Enquanto Seu Lobo Não Vem
  • 08 Soy Loco Por Ti America
  • 09 Lindeza
  • 10 O Cu Do Mundo