Genipapo Absoluto

Caetano Veloso

Como será pois se ardiam fogueiras
Com olhos de areia quem viu
Praias, paixões fevereiras
Não dizem o que junhos de fumaça e frio
Onde e quando é genipapo absoluto
Meu pai, seu tanino, seu mel
Prensa, esperança, sofrer prazeria
Promessa, poesia, Mabel


Cantar é mais do que lembrar
É mais do que ter tido aquilo então
Mais do que viver do que sonhar
É ter o coração daquilo


Tudo são trechos que escuto – vêm dela
Pois minha mãe é minha voz
Como será que isso era este som
Que hoje sim, gera sóis, dói em dós
"Aquele que considera"
A saudade de uma mera contraluz que vem
Do que deixou pra trás
Não, esse só desfaz o signo
E a "rosa também"

Envie essa música para um amigo

Uns Caetanos
Album: Uns Caetanos
Gravadora: CID
Ano: 2001
Faixa: 13
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Quando Eu Penso Na Bahia
  • 02 O Leãozinho
  • 03 Pecado Original
  • 04 Branquinha
  • 05 Lindeza
  • 06 Lapa
  • 07 13 De Maio
  • 08 Soy Loco Por Ti America
  • 09 A Filha Da Chiquita Bacana - Chuva, Suor E Cerveja
  • 10 Lua E Estrela