Comeu

Caetano Veloso

Ela comeu meu coração
Trincou, mordeu, mastigou, engoli
Comeu o meu
Ela comeu meu coração
Mascou, moeu, triturou, deglutiu
Comeu o meu
Ela comeu meu coraçãozinho de galinha num xinxim
Ai de mim
Ela comeu meu coraçãozão de leão naquele sonho medonho
E ainda me disse que é assim que se faz
Um grande poeta
Uma loura tem que comer seu coração
Não, eu só quero ser um campeão da canção
Um ídolo, um pateta, um mito da multidão
Mas ela não entendeu minha intentenção
Tragou, sorveu, degustou, ingeriu


Envie essa música para um amigo

Velo
Album: Velo
Gravadora: Universal Music International Ltda.
Ano: 2008
Faixa: 5
  • publicidade