Bárbara

Caetano Veloso

Bárbara, Bárbara
Nunca é tarde, nunca é demais
Onde estou, onde estás
Meu amor, vem me buscar

O meu destino é caminhar assim
Desesperada e nua
Sabendo que no fim da noite serei tua
Deixa eu te proteger do mal, dos medos e da chuva
Acumulando de prazeres teu leito de viúva

Bárbara, Bárbara
Nunca é tarde, nunca é demais
Onde estou, onde estás
Meu amor vem me buscar

Vamos ceder enfim à tentação
Das nossas bocas cruas
E mergulhar no poço escuro de nós duas
Vamos viver agonizando uma paixão vadia
Maravilhosa e transbordante, como uma hemorragia

Bárbara, Bárbara
Nunca é tarde, nunca é demais
Onde estou, onde estás
Meu amor vem me buscar
Bárbara

Envie essa música para um amigo
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Maluco Beleza
  • 02 Podres Poderes
  • 03 Chuvas De Verão
  • 04 Se Todos Fossem Iguais a Você
  • 05 Queixa
  • 06 Soy Loco Por Ti America
  • 07 Qualquer Coisa
  • 08 Lua E Estrela
  • 09 Tropicalia
  • 10 A Grande Borboleta