foto

Propriedade

Bruno e Marrone

Não tô sabendo lidar
Com essa situação
Sei que o meu jeito foi o motivo da nossa separação
Meu ciúme possessivo, o jeito louco de amar
Cheirando suas roupas, respirando seu ar

E na minha insegurança
Do seu sentimento
Se perder era só uma questão de tempo
Mas você superou e seguiu sua vida em frente
E não tem nenhum dia, que eu não pense na gente

Eu tô vivendo num estado lastimável
Bebendo qualquer coisa que for inflamável
Tive que te perder, pra enxergar a verdade
Você era meu grande amor
E não minha propriedade

E na minha insegurança
Do seu sentimento
Se perder era só uma questão de tempo
Mas você superou e seguiu sua vida em frente
E não tem nenhum dia, que eu não pense na gente

Eu “tô” vivendo num estado lastimável
Bebendo qualquer coisa que for inflamável
Tive que te perder, pra enxergar a verdade
Você era meu grande amor
E não minha propriedade

Eu tô vivendo num estado lastimável
Bebendo qualquer coisa que for inflamável
Tive que te perder, pra enxergar a verdade
Você era meu grande amor
E não minha propriedade

E não minha propriedade
publicidade