fotos de Bruno e Marrone

Bruno e Marrone

Sertanejo, Romântico

Inevitável

Bruno e Marrone

É animal
É tão voraz
Essa paixão
É vendaval
Me tira a paz
Faz confusão...

Chega dá medo
Sabe o segredo
Do meu coração...

É sempre assim
Sem avisar
Me surpreende
Demais prá mim
Quando sei lá
Chega e me rende...

Me devora
Depois some
A alma chora...

É inevitável
Te amar assim
Quantas vezes digo. não
Mas lá no fim
Sempre me entrego
É inevitável
Toda essa paixão
Se tento esquecer
Lá dentro o coração
Fica surdo, fica mudo, fica cego...

É sempre assim
Sem avisar
Me surpreende
Demais prá mim
Quando sei lá
Chega e me rende...

Me devora
Depois some
A alma chora...

É inevitável
Te amar assim
Quantas vezes digo, não
Mas lá no fim
Sempre me entrego
É inevitável
Toda essa paixão
Se tento esquecer
Lá dentro o coração
Fica surdo, fica mudo, fica cego...(2x)


Envie essa música para um amigo

Album: Maxximum: Bruno & Marrone (2005)
Gravadora:
Ano: 2005
Faixa: 16
  • publicidade