Bruno e Marrone

estilos: Sertanejo, Romântico

Dizem Que Um Homem Não Deve Chorar

Quando te perdi
Não compreendi
Tua ingratidão
Fiquei a chorar
Sem me conformar
Com a solidão
A nossa casinha na beira da linha tão triste ficou
Só o teu perfume fazendo ciúme foi o que restou
Teu procedimento me fez infeliz
Deixando em meu peito uma cicatriz
Ao te ver de braços com um outro amor
Nao sei como pude suportar a dor
Eu sei que um homem não deve chorar
Por uma mulher que o abandonar
Mas acreditando nos carinhos teus
Com o desengano quem chorou fui eu
Hoje faz um ano
E o desengano
E a solidão
Tiveram um fim
Ao chegar pra mim
Nova ilusão
No jardim do amor uma nova flor veio florecer
Trazendo mudanca e nova esperança para o meu viver
Dizem que há males que vêm para bem
Um amor se vai e outro logo vem
Como não há mal que não tenha fim
O que me fizestes foi um bem pra mim
Não venho pedir, não venho implorar
Venho aqui somente para te contar
Que não interessa mais o seu amor
Pois tenho comigo uma nova flor
Eu sei que um homem não deve chorar
Por uma mulher que o abandonar
Mas acreditando nos carinhos teus
Com o desengano quem chorou fui eu

    • publicidade
    • Mais ouvidas de Bruno e Marrone
    • 01 Inevitável
    • 02 Beijo Na Varanda
    • 03 Bijouteria
    • 04 Boate Azul - Sublime Renúncia - Meu Primeiro Amor
    • 05 Por Um Minuto
    • 06 Você Não Me Ensinou A Te Esquecer
    • 07 24 Horas De Amor
    • 08 Meu Disfarce
    • 09 Tenho Ciúme de Tudo - A Dama de Vermelho - Brigas
    • 10 Ligação Urbana
    • 11 Te Amar Foi Ilusão
    • 12 Será
    • 13 Feriado Nacional
    • 14 Choram As Rosas
    • 15 Cama Vazia
    • 16 Menina
    • 17 Coisa De Pele
    • 18 Ausência (Ao Vivo)
    • 19 Amor de Carnaval
    • 20 Agora Vai
versão clássica © 2019