Sai logo da minha frente
Enquanto ainda tem tempo de escapar
Você tem estado tão diferente
E nem se dá o trabalho de explicar

Melhor, eu não ter pena, eu não ter dó
Ser bruto até na hora de falar
Você não merece nenhuma chance
Saiba que nosso romance acabou de acabar

De hoje em diante, vou ser ignorante
Vou seguir adiante, sem me incomodar
Vou beber cerveja com pinga na mesa
Só pra ver o tombo que dá

Quando a gente ama coração reclama
E quer estar perto de quem quer amar
Mas de hoje em diante, vou ser ignorante
Não adianta chorar
Nem adianta chorar
publicidade