foto

O Último Cigarro

Blitz

(amor - sim - parei de fumar)

Ontem eu fumei meu último cigarro
Foram uns amigos que me aconselharam
Também não ando bebendo antes de pegar o carro
Checando as promessas que fiz falharem

Quase todos os meus vícios consegui deixar pra trás
Sem artimanhas e artifícios
Na luta por um pouco, na luta por um pouco de paz

Na lupa por um pouco de paz
Tenho evitado comer carne humana
Tento frear os primitivos canibais
Tão como liguei a mais de uma semana

Larguei quase tudo, fiz o que poderia fazer
Eu sei não me iludo
Só não consigo, só não consigo largar de você

Meu ponto fraco mais forte
Meu segredo profundo
Minha moeda da sorte
O meu amor vagabundo

Ela fala Inglês sem sotaque
E tem meu nome gravado em seu anel
E no samba ela sai de destaque
Na mocidade independente de padre Miguel

Lute e também curte jazz
Ela me ensina a viver
Lute e também curte jazz
Ela sabe o que fazer

Vida curta vida breve
A vida light vida breve
Vida longa vida leve
Eu vivo a vida, vida que segue
Aqui você paga o que você deve

Aqui você paga o que você deve
Aqui você colhe o que você planta
Aqui você lê o que você escreve
Um ódio o diabo o outro a santa

publicidade
publicidade