fotos de Amado Batista

Amado Batista

Romântico, Sertanejo

Monotonia (Acústico)

Amado Batista

Onde está aquele amor, que nasceu em nós
O que aconteceu com ele
Morreu de repente
Nossos beijos já não tem, o mesmo sabor
E o nosso amor acontece como
Como um caso qualquer, tão de repente
Não sentimos mais prazer, e fingimos sentir
Quando o coração não quer
Não adianta,
Nossos pensamentos voam, buscam outras emoções
O tempo passa e nós dois
Mergulhados nas mentiras ilhados de solidão
É o fim,
Desta nossa fantasia
Quero ter um novo dia
Sentir no peito o verdadeiro amor
Se em nós,
Tudo é monotonia
Vamos tentar nos achar

Envie essa música para um amigo

Album: Escuta (1997)
Gravadora:
Ano: 1997
Faixa: 2
  • publicidade