Almir Sater

estilos: Sertanejo

Tocando Em Frente

Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Ou nada sei

Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida seja simplesmente
Compreender a marcha e ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro levando a boiada
Eu vou tocando dias pela longa estrada eu vou
Estrada eu sou

Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia todo mundo chora,
Um dia a gente chega, no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história,
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

    • publicidade
    • Mais ouvidas de Almir Sater
    • 01 Um Violeiro Toca
    • 02 Tocando Em Frente
    • 03 Chalana
    • 04 Comitiva Esperança (part. Sérgio Reis)
    • 05 Rio De Lágrimas
    • 06 Bicho Preguiça
    • 07 Mochileira (1ª Versão)
    • 08 O Vento e o Tempo
    • 09 Serra de Maracajú
    • 10 Pitiguyri
    • 11 A Saudade É Uma Estrada Longa
    • 12 Moda Apaixonada
    • 13 Três Toques Na Madeira
    • 14 Planície de Prata
    • 15 No Quintal De Casa
    • 16 Beira-Mar
    • 17 Viola Fora de Moda
    • 18 Cristal
    • 19 Rasta Bonito
    • 20 Encontro das Águas
versão clássica © 2019