Você foi embora dizendo
que eu era até gente boa
mulher não tolera essas frases
que homem a toa costuma dizer

Lembro as toalhas molhadas no chão
fios de barba na pia
e rezo pra virgem Maria
pra que filha minha não pegue homem assim

Eu me sentia um cinzeiro
repleto das pontas que você deixava
e que ironia essa imagem:
a guimba apagando é quando mais queimava.

Você saiu dando tchau
brincou que ao meu lado era o tal
fiquei pendurada no adeus
como um velho avental

Foi amor de trapaça e de tara,
de beijo na nuca, de tapa na cara
andei meio louca sem ser maltratada
parei com esse vício, mas quase morri

Hoje somente se bebo
o dia seguinte pode me afetar
é que a secura me lembra
teu jeito de amar
publicidade
publicidade