Alcione

Sentimental Eu Fico

Alcione

Sentimental eu fico
Quando pouso na mesa de um bar
Eu sou um lobo cansado carente
De cerveja e velhos amigos

Na costura da minha vida
Mais um ponto
No arremate do sorriso mais um nó
Aqui pra nós cantar não tá pra peixe
Tem coisa transformando a água em pó

E apesar de estar no bar caçando amores
Eu nego tudo e invento explicações
Amigo velho amar não me compete
Eu quero é destilar as emoções

Sentimental eu fico
Quando pouso na mesa de um bar
Eu sou um lobo cansado carente
De cerveja e velhos amigos

E os projetos todos tolos combinados
Perecerão nas margens do manhã
Uma tontura solta na cabeça
Um olho em Deus e outro com satã

E quando o sol raiar desentendido
Eu vou queimar as vidas do amanhã
E olharei para quem vai pro trabalho
Com os olhos feito os olhos de uma rã
publicidade