Alcione

De Babado (part. João Nogueira)

Alcione

REFRÃO:
De babado, sim
Meu amor ideal
Sem babado não.

Seu vestido de babado,
Que é de fato alta-costura,
Me fez sábado passado
Ir a pé a Cascadura.
(E voltei de cara-dura!)

REFRÃO

Com um vestido de babado
Que eu comprei lá em Paris
Eu sambei num batizado
Não dei palpite infeliz.
(Você não viu porque não quis!)

REFRÃO

Quando eu ando a seu lado
Você sobe de valor,
Seu vestido sem babado
É você sem meu amor.
(É assistência sem doutor!)

REFRÃO

Quando andei pela Bahia
Pesquei muito tubarão,
Mas pesquei um bicho um dia
Que comeu a embarcação.
(Não era peixe, era dragão!)

REFRÃO

Brasileiro diz meu bem
E francês diz "mon amour",
Você diz: vale quem tem
Muito dinheiro pra pagar meu "point-à-jour"
(Eu ando sem "L'argent toujours!")

REFRÃO

João diz um verso agora
Que a Marrom vai se mandar
Não vou dizer porque tenho respeito
Tua conversa aqui no peito
mais não vou levar
e você vai me desculpar

REFRÃO MODIFICADO:
De cavaco, sim
Meu amor ideal
Sem cavaco, não
publicidade