foto

Frustrações

Agnaldo Timóteo

Quando me perguntam pela rua
Como vai a minha vida ou coisa assim
Respondo calado

Não se iluda companheiro
Se aparento ter dinheiro
Mas, pensei em merecer coisa melhor
Amante, amado

De que serve minha vida rica
Se está vazia
De que me serve o fogo deste sol
Se a minha cama é fria
Por isto corro pelos cantos da cidade
Buscando amor, mesmo sem felicidade
Falado, marcado

E de que vale o meu carrão de ouro
Se só tristeza e solidão é o meu tesouro
Eu e o meu pranto mudo
Molhando a avenida
Tentamos esquecer
As nossas frustrações na vida

Pois é, esta é uma canção que se identifica demais comigo,
Será que se identifica, também, contigo?

E de que vale o meu carrão de ouro
Se só tristeza e solidão é o meu tesouro
Eu e o meu pranto mudo
Molhando a avenida
Tentamos esquecer
As nossas frustrações na vida
publicidade